Página Inicial > Produtos, Tecnologia > Novo sistema Anti-SPAM na Rede2

Novo sistema Anti-SPAM na Rede2

19, março, 2009

SPAM é o termo usado para referir-se aos e-mails não solicitados, que geralmente são enviados para um grande número de pessoas. O SPAM impacta na produtividade de funcionários e degrada o desempenho de sistemas e redes.

Desde o início de Março, disponibilizamos um novo sistema Anti-SPAM para todos os clientes da Rede2.

Utilizamos diversas formas de identificar os possíveis SPAM’s (ver abaixo as principais) e após todas as análises, as mensagens que foram identificadas como possível SPAM é acrescido no assunto da mensagem [Possível SPAM] e encaminhada para uma pasta SPAM a qual as mensagens ficam arquivadas por um período de até 30 dias.

Diariamente entre as 23:30hs e 00:00hs enviamos um relatório de todos os possíveis SPAM’s recebidos durante o dia corrente. Além disso, a qualquer momento é possível visualizar as mensagens da pasta SPAM pelo Webmail.

O gerenciamento do Anti-SPAM (desativação, ativação, modo de relatórios, etc..) pode ser feita pelo Painel de Controle ou pelo webmail.

Para evitar falsos positivos, a qualquer momento poderá adicionar e-mails de contatos em uma lista branca, não existindo assim qualquer bloqueio ou identificação de possível SPAM para esse remetente.

PRINCIPAIS FORMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE POSSÍVEIS SPAM’S UTILIZADAS NA REDE2

Domínio Inexistente
Rejeita as mensagens se o domínio do e-mail do remetente não está registrado.

DNS Reverso
Rejeita as mensagens se o IP remetente não possuir rDNS (DNS Reverso).

Listas Negras
Todos os usuários têm a possibilidade de adicionar em uma lista negra exclusiva os e-mails de quem não gostaria de receber mensagens.

Real Time Blocking List (RBL):
RBL é um acrônimo para Real-time Blackhole List, ou seja, Lista de Bloqueios em Tempo Real. Estamos conectados diretamente com três sistemas anti-spam RBL (SPAMCOP.NET, SPAMHAUS.ORG e NJABL.ORG). Tais sistemas mantêm uma lista atualizada constantemente com os IPs de servidores e redes que enviam spam e os bloqueia automaticamente.

Filtros Bayesianos e de Conteúdo:

Baseando-se no famoso sistema SpamAssassin, é utilizada a inteligência artificial e listas de palavras-chave para atribuir pontos aos e-mails. Caso a pontuação total de uma mensagem ultrapasse um limite pré-estabelecido, ela é considerada como um possível SPAM.

Sender Policy Framework (SPF):
SPF é um sistema que evita que outros domínios enviem emails não autorizados em nome de um domínio. O SPF verifica no cabeçalho de internet se o servidor de emails utilizado para enviar a mensagem está autorizado na relação de IP’s que respondem pelo domínio do remetente.
Todos os domínios hospedados na Rede2 recebem por padrão a configuração v=spf1 mx –all, que significa que apenas o MX do domínio está autorizado a enviar e-mail em nome do domínio, e que pode-se rejeitar a mensagens que não sair de algum MX do domínio.

Spam Uri Realtime Blocklists (SURBL):
Identificação de possível SPAM levando em consideração as URIs do corpo da mensagem (normalmente análise nos sites), mesmo sendo enviado de diversas origens.

Qualquer dúvida sobre a utilização do Anti-SPAM, entre em contato com nosso atendimento.

Categories: Produtos, Tecnologia Tags:
Os comentários estão fechados.